Make your own free website on Tripod.com

 

        LITERATURA  na NET
 
 

 

Home
Para cima
Folhas Caídas
Frei Luís de Sousa
Viagens na M. Terra
Almeida Garrett

Home ] Para cima ] Realismo ] Camilo C. Branco ] [ Almeida Garrett ] Romantismo ] Antero de Quental ] Cesário Verde ] Eça de Queirós ] 
 
 
 
  ALMEIDA GARRETT  


PERFIL BIOGRÁFICO e LITERÁRIO  :

 João Baptista da Silva Leitão, que mais tarde acrescentará ao seu nome os dois apelidos porque é mais conhecido ( Almeida Garrett), nasceu no Porto, em 1799, e passou a primeira infância numas quintas junto ao Douro.

Apaixonado pelo belo e amante da liberdade, Almeida Garrett foi o escritor que melhor soube entender o mundo do seu tempo e deu-o a compreender aos vindouros.

Introdutor  do  Romantismo,  em 1825-26, com a publicação de Camões e D. Branca  , torna-se, pela modernidade do seu discurso e da linguagem, um autêntico inovador.

Irreverente com a sociedade e os seus  padrões, publica, enquanto estudante de Coimbra, Retrato de Vénus, que o leva a tribunal. Absolvido, empreende uma carreira fulgurante de artista que lhe permite abranger praticamente todos os principais géneros literários. Entre outras obras, deixa-nos na narrativa Viagens na Minha Terra;  na poesia Folhas Caídas e Flores sem Fruto; no teatro Frei Luís de Sousa; na recolha e estudo da literatura tradicionalO Romanceiro; no jornalismo e na política – vários ensaios, crónicas e cartas, além de muitas outras obras de valor significativo.

Inconstante no amor, casa aos 22 anos com Luísa Midosi (de apenas 15 anos), de quem em breve se separou. Vive durante algum tempo com Adelaide Pastor Deville ( 1837 – 1841), que, com 20 anos, morre e lhe deixa uma filha – Maria Adelaide. Em finais de 1845 apaixona-se por Rosa de Montufar, viscondessa da Luz.

Inconformado com o rumo da história político-social do seu país, após o exílio em Inglaterra, luta ao lado de D. Pedro IV pelas ideias liberais e participa nas lutas fratricidas que o levam a afirmar que “ toda a guerra civil é triste. E é difícil dizer para quem é mais triste, se para o vencedor, se para o vencido”.

Satírico com a nobreza, foi barão; descrente do caminho que o liberalismo tomava, foi político e Ministro dos Negócios Estrangeiros.

Morreu, em Lisboa, a 9 de Dezembro de 1854.

........................................................................................................................

         Resumo de alguns aspectos importantes da  vida de Garrett: 

  • nasce, no Porto, em 1799;

  • recebe uma educação clássica, ministrada por um tio Bispo, nos Açores;

  •   formação em leis, em Coimbra;

  • percurso sentimental acidentado ( um casamento, um divórcio, várias relações afectivas, uma filha ilegítima);

  •   exílio em Inglaterra e em França devido às suas convicções liberais, onde toma contacto com os novos ideais românticos;

  • fundação do Teatro Nacional D. Maria II e do Conservatório Nacional (1837);

  • principais obras: - Frei Luís de Sousa ( 1843); -  Flores sem fruto (1845); - Viagens na Minha Terra ( 1846); Folhas Caídas (1853);

  • morre, em Lisboa, em 1854.

 

 

Bibliografia:

1. BARREIROS, António José, História da Literatura Portuguesa, Volume 1, Edição do Autor, Braga,1996.
2.  COELHO, Jacinto do Prado , Dicionário de Literatura, Livraria Figueirinhas, Porto, 1981.
3. MOREIRA, Vasco, PIMENTA, Hilário, Dimensão Comunicativa - 11.ºAno, Porto, Porto Editora,1998.
4. QUINTELA, Dulce et alii, Temas de Língua e Cultura Portuguesa, Lisboa, Editorial Presença, Junho,1980.

Voltar ao início